1. Inicio
  2. Informativos
  3. Obrigatoriedade de CFOP de acordo com a UF do Emitente X Remetente (6932 e 5932)

Obrigatoriedade de CFOP de acordo com a UF do Emitente X Remetente (6932 e 5932)

A SEFAZ informa de acordo com a nota técnica 2015/001 disponível aqui, informa que passará a validar sempre que o emitente do CT-e (Transportadora) de uma UF e o Remetente for de outra UF, deverá ser utilizado o CFOP (Natureza de operação) 5932 ou 6932Prestação de serviço de transporte iniciada em unidade da Federação diversa daquela onde inscrito o prestador“.
Ainda sendo válido a regra 5 ou 6 para prestação de serviço de uma UF para outra. 

É optativo?

Não, caso seu conhecimento se enquadre nessa situação e você informar outro CFOP, a SEFAZ retornará rejeição.

524 – CFOP inválido, informar 5932 ou 6932

Quando usar o 5932?

Emitente (Transportador) credenciado na SEFAZ do RS, prestando um serviço para um cliente onde o inicio da prestação for em MT e o fim da prestação também for MT, deverá usar o CFOP 5932, pois o serviço iniciou em outro estado (diferente de onde está inscrito o emitente) e terminou no mesmo estado em que começou o serviço.

Quando usar o 6932?

Nesse caso, Emitente (Transportador) credenciado na SEFAZ do RS, prestando um serviço para um cliente onde o inicio da prestação em MT e o fim da prestação em GO, deverá usar o CFOP 6932.
Pois além do serviço iniciar em outro estado diferente de onde o emitente está inscrito, ele irá ter a entrega em um terceiro estado.

O sistema Datamex já está preparado para sempre que for identificada essa situação de transporte somente permitir que seja utilizado o CFOP correto, não dando a opção de ser selecionado nenhum outro.
Acione o suporte técnico para mais detalhes.

Atualizado em 6 de maio de 2020

Este artigo foi útil?

Artigos relacionados

Deixe um comentário