1. Inicio
  2. TMS - Módulo de Transporte
  3. Criando MDF-e para entregas de cargas em mais de um estado

Criando MDF-e para entregas de cargas em mais de um estado

Dúvida

  • Como criar MDF-e quando existe mais de um estado de descarregamento?

Solução

Deve ser criado um MDF-e para cada estado de descarregamento, para isso, siga os passos abaixo:

  • Acesse a ferramenta Transporte/Manifesto de carga;
  • Adicione um novo MDF-e, clicando no botão adicionar (sinal de mais);

  • Na tela de inclusão do MDF-e, informe os dados iniciais como origem e destino;

  • O destino de cada MDF-e, pode ser definido, com base no último CT-e a ser entregue em cada UF;
  • Adicione os CT-es referentes a primeira UF de descarregamento;
  • Preencha todos os dados e salve o documento;
  • Repita o processo, adicionando novo MDF-e para os CT-es da próxima UF de descarregamento;
  • Após ter criado todos os MDF-es necessários, confira os documentos e faça a emissão para a Sefaz.

Observação:  O processo deve ser repetido para cada UF de descarregamento, devendo ser colocado sempre como inicio da prestação a UF e cidade de onde iniciou o transporte.   


 

Atualizado em 11 de dezembro de 2018

Este artigo foi útil?

Artigos relacionados

Comentário

  1. Sou de São paulo.
    Existe alguma situação onde não será necessário a emissão do mdf-e?
    Ex:
    Um transporte dentro do mesmo estado precisa do mdf-e?
    E um transporte dentro da mesma cidade de origem da empresa também é preciso mdf-e?

    1. Bom dia Anderson,

      No estado de São Paulo a obrigatoriedade de emissão de MDF-e existe desde 2013 (Portaria CAT Nº 102).
      O MDF-e deverá ser emitido pelo emitente de CT-e no transporte interestadual e intermunicipal de carga fracionada e também no transporte interestadual de carga lotação.
      Quanto ao transporte municipal, neste caso entendemos que deverá ser emitida a NFS-e (Nota Fiscal de Serviço Eletrônica), já que nesse serviço há incidência de ISS.
      Recomendamos sempre verificar questões de legislação junto de sua assessoria contábil/fiscal.

Deixe um comentário