Lembre-se de acessar a central de ajudas através do seu sistema e-Login para ter acesso completo ao conteúdo.

Relatório de comissões dos motoristas

Vamos analisar aqui o relatório “Relatório de comissões dos motoristas” e suas variações de modelos disponíveis.

O relatório de comissões dos motoristas tem atualmente 2 modelos de relatório conforme segue abaixo:

  • Sintético
  • Analítico

Os critérios disponíveis para a seleção dos dados, conforme imagem abaixo, são:

Leia mais ›

Cliente não liberado a gerar um conhecimento com mais de um documento

Problema

  • Ao tentar salvar um conhecimento, o sistema retorna a mensagem: “Cliente não liberado a gerar um conhecimento com mais de um documento.

Leia mais ›

Campos que podem ser modificados via CC-e (carta de correção eletrônica)

Problema

  • Quais campos podem ser modificados ou não via Carta de Correção?
Leia mais ›

Alteração na isenção do ICMS/RS para prestações de serviço interestadual de transporte de cargas

No dia 04/11/2019 foi publicado no Diário Oficial do Rio Grande do Sul o DECRETO Nº 54.850, DE 1º DE NOVEMBRO DE 2019 que modifica o RICMS e estabelece a isenção do ICMS para transporte rodoviário de cargas intermunicipal e interestadual, para tomadores inscritos no CGC/TE, entre 01 de novembro e 31 de dezembro de 2019.


ALTERAÇÃO Nº 5141 – No art. 10, é dada nova redação aos incisos IX e XII, conforme segue:

“IX – no período de 1º de novembro a 31 de dezembro de 2019, de transporte de cargas realizadas a contribuinte inscrito no CGC/TE;

NOTA 01 – A isenção prevista neste inciso não se aplica nas prestações de serviço:

a) realizadas por transportador não estabelecido neste Estado;

b) em que o tomador do serviço seja:

1 – inscrito no CGC/TE, na categoria geral e que tenha tratamento especial, ou como contribuinte eventual;

2 – órgão da administração pública, federal, municipal ou de outro Estado, inclusive autarquia, sociedade de economia mista ou empresa pública;

3 – produtor, nas prestações interestaduais;

c) não acobertadas por documento fiscal idôneo, salvo nas hipóteses de dispensa de emissão de documento fiscal previstas no Livro II, art. 134.

NOTA 02 – A exceção prevista na alínea “b”, 2, da nota anterior não se aplica às prestações de serviço cujo tomador seja órgão da administração pública, inclusive sociedade de economia mista, que efetivamente efetue operações ou prestações com débito do imposto e que esteja relacionado em instruções baixadas pela Receita Estadual.

NOTA 03 – Ver crédito fiscal presumido em outras hipóteses de prestação de serviço de transporte, art. 32, XXI.

NOTA 04 – Ficam convalidadas as prestações de serviços ocorridas no período de 1º a 31 de outubro de 2019 realizadas de acordo com o disposto neste inciso, vedada a restituição ou compensação de importâncias já pagas ou compensadas.”


Observações:

  1. A Nota 04 acima informa que as prestações de serviços ocorridas entre 01 e 31 de outubro com incidência de ICMS estão válidas e que não haverá restituição de valores eventualmente pagos.
  2. Para alteração do comportamento do sistema em relação a informação de ICMS no CT-e entre em contato com o nosso Suporte Técnico.
  3. Para maiores detalhes sobre essa alteração na legislação indicamos procurar sua assessoria contábil.
  4. Fonte: Decreto 54.850

Ajuda para carta de correção

Clique nos links abaixo para detalhamento:

Campos que não podem ser alterados via carta de correção.

Clique aqui para alterar dados do veículo.

Clique aqui para alterar CFOP/natureza de operação.

Como alterar o CFOP/natureza de operação do CTe via carta de correção?

Problema

  • Como alterar o CFOP/natureza de operação do conhecimento via carta de correção?
Leia mais ›

Não existem informações sobre quantidades de cargas no seu CTe.

Problema

  • Os campos ‘Peso(Kg)’, ‘Qnt’ ou ‘Cubagem’ de algum dos itens do bloco Documento não estão definidos.
Leia mais ›

[TMS] Controle de despesas das pessoas/motoristas com a transportadora

Esta solução pode ser utilizada para controlar os valores que os funcionários ou motoristas devem para a empresa. Também pode ser utilizada por cooperativas que desejam controlar a cota capital devida pelos associados.

Leia mais ›

Como sinalizar que uma ordem foi carregada sem vinculação ao CTe?

Problema

  • Como sinalizar que uma ordem de carregamento está carregada sem que a mesma seja vinculada à um conhecimento de transporte?
Leia mais ›

Exibição do código QR Code no DACTe

Na versão 3.00a do CTe passou ser possível a impressão do QR Code no DACTE (Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico).

O que é o QR Code? O QR Code é um código de barras bidimensional. No DACTe foi incluso a fim de facilitar a consulta principalmente por parte da fiscalização.

O que muda na prática para as transportadoras? O que mudou foi apenas a impressão do DACTe que agora exibe o código QR Code disposto no canto direito do documento, conforme imagem abaixo. A obrigatoriedade começou a valer em 07 de outubro de 2019, de acordo com o Portal do Conhecimento de Transporte Eletrônico.

FICOU COM DÚVIDA? Encaminhe e-mail para: suporte@datamex.com.br
Se preferir falar conosco:
Porto Alegre / RS 051 4063 8343
Rio Grande / RS 053 3036 2525
Caxias do Sul / RS 054 4062 9320
Rio de Janeiro / RJ 021 4063 8395
Itajaí / SC 047 4054 9320
Paranaguá / PR 041 4064 9110
Belo Horizonte / MG 031 4063 8310
São Paulo / SP 011 4063 8395


AINDA NÃO É CLIENTE DATAMEX? Não perca tempo, conheça a solução Datamex para a Gestão de Transportadoras, Armazéns Gerais e Empresas de Logística: Emissor de CTe, MDFe, CIOT e EDI