1. Inicio
  2. Financeiro
  3. Notas Fiscais de Entrada (Via Importação do arquivo XML)

Notas Fiscais de Entrada (Via Importação do arquivo XML)

Este tópico aborda o lançamento de notas de entrada de forma automatizada através da importação do arquivo XML da nota fiscal.

Para saber como lançar uma nota de entrada manualmente clique aqui.

ATENÇÃO: Somente é possível importar notas fiscais que contenham somente produtos. Notas que contenham serviços devem ser lançadas manualmente.

…………………………….…………………………….…………………………….…………………………….…………………………….

CONSIDERAÇÕES:

  • O sistema importa o arquivo XML na ótica do emitente da nota, e como as notas fiscais devem ser lançadas pela ótica do comprador, ou seja, não se deve lançar os dados tais quais estão descritos no DANFE ou no XML, serão necessárias alterações manuais para que a nota fique lançada corretamente.
  • Alguns cadastros do sistema não devem ser liberados para os usuários finais, ou seja, devem ficar restritos a usuários administradores ou ainda apenas para usuários Datamex, visto que são configurações que afetam o comportamento de uma nota fiscal no sistema e dependendo da alteração pode refletir negativamente em notas já lançadas anteriormente.

…………………………….…………………………….…………………………….…………………………….…………………………….

ROTEIRO DE LANÇAMENTO:

a) Acessar o menu ‘Financeiro/Notas Fiscais/Notas Fiscais’ e clicar em ‘Importar NF-e’, conforme abaixo:

importar XML NF-e

 

  • NF-e (XML): Nesta parte clicar em Escolher arquivo e localizar 0 arquivo a ser importado na máquina;
  • Modelo: Selecionar o modelo de nota fiscal utilizado para lançar as notas de entrada;
  • Natureza de Operação: Indicar o tipo de operação a que a nota se refere (CFOP do documento com a ótica de entrada);

Após preenchimento dos dados clicar em ‘Enviar arquivo‘. Caso todos os produtos contidos na nota já estejam cadastrados no sistema então os campos ofuscados (Gerar DANFE e Importar NF-e) ficarão liberados, caso contrário será necessário cadastrar o produto ou então vinculá-lo à um já cadastrado no sistema, conforme exemplo abaixo:

cadastrar produto

Ao clicar em Cadastrar, a tela de Produtos é exibida com alguns dados já preenchidos, verificar e se estes estão corretos e preencher os que estão em branco e que são de preenchimento obrigatório.

produto

 

Abaixo, tela mostrando os campos extras que são exibidos para os clientes que possuem os módulos de Estoque e/ou Armazenagem.

importar XML 2

 

Após clicar na opção ‘Importar NF-e‘ é exibida a tela para alteração da nota fiscal, confira se todas as informações estão corretas e clique em ‘Salvar‘.

dados basicoas nota

 

Após salvar a nota ir até a aba ‘Notas Terceiros‘. Editar produto a produto e informar os valores de impostos sob a ótica do comprador.

tela 04

Quadro Impostos / Tributos

  • Desconto: Os campos de DESCONTO, OUTRAS DESPESAS e FRETE devem ser rateados de forma manual pelo usuário nos itens da nota visto que essas informações normalmente aparecem por totais no DANFE. É fundamental que sejam lançadas por item para questões de controles exatos dos custos das mercadorias.
  • Outras Despesas: Conforme citado acima, informar o valor já rateado das OUTRAS DESPESAS para cada item da nota.
  • Frete: Conforme citado anteriormente, informar o valor já rateado do FRETE para cada item da nota.
  • CST IPI: Informar o CST IPI. O sistema já apresenta uma lista completa dos CSTs existentes.
  • BC IPI: Base de cálculo do IPI.
  • Aliquota IPI: Alíquota do IPI.
  • IPI: Valor calculado do IPI. O sistema não calcula automaticamente os valores de forma a permitir que seja informado o valor exato que aparece na nota fiscal de entrada, visto que em muitos os casos há divergência de centavos ou de critérios de cálculos.
  • CST ICMS: CST do ICMS. O sistema já apresenta uma lista completa dos CSTs existentes, inclusive os CSOSNs para casos de empresas enquadradas no Simples Nacional.
  • BC ICMS: Base de cálculo do ICMS.
  • Alíquota ICMS: Alíquota ICMS.
  • V ICMS: Valor ICMS.
  • V BC ICMS ST: Base de cálculo do ICMS Substituição Tributária.
  • AL ICMS ST: Alíquota ICMS Substituição.
  • V ICMS ST: Valor ICMS Substituição Tributária.
  • CST PIS: CST do PIS. O sistema já apresenta uma lista completa dos CSTs existentes.
  • BC PIS: Base de cálculo do PIS.
  • Aliquota PIS: Alíquota do PIS.
  • PIS: Valor do PIS.
  • CST COFINS: CST do COFINS. O sistema já apresenta uma lista completa dos CSTs existentes.
  • BC COFINS: Base de cálculo do COFINS.
  • Aliquota COFINS: Alíquota do COFINS.
  • COFINS: Valor do COFINS.
  • Observação: Observações do item da nota.

tela 05

 

Concluída essa operação em todos os itens, basta clicar em ‘Gravar’.

gravar

Atualizado em 3 de março de 2016

Este artigo foi útil?

Artigos relacionados

Deixe um comentário